​​​​​​​​​​​​​​HOME

Os sonhos do caminho

Nosso telefonema hoje recheou-me de quentura e cambalhotas mentais.

Postei um aviso de “Não Perturbe” no meu corpo e fui caminhar com a alma!

Vi-me a tricotar conversas contigo, continuamente acalorada e pronta a ouvir-te, firmemente cercados de luz.

Arrebata-me o teu universo (que tantos pontos de intersecção tem com o meu).

Universo em que nada é gratuito ou flutua na superfície delicada a esmo.

Tu chegas a mim como aquele imbatível pavio que me explode as memórias, sentidos, raciocínios mais belos e dignos.

Tua grande capacidade, tua excepcional raridade, a maravilha do teu ser, reascendeu-me (beijo de príncipe de contos de fada), com todas as minhas forças, para explorar meus pomares e gramados no inverno, primavera, verão, outono.

Promovi passeios ao meu estado urbano, rural, zonas interiores, atmosferas inospitaleiras, comarcas outrora desertas, raias geladas, cenários escondidos. E quão trabalhosas são essas expedições!

Quanto trabalho exige o aprendizado de nossa construção.

São tantas solidões e tijolos que deixamos ou arrebatamos nessa procura.

Quisera ter voz e cantar as pegadas lindas que empreendemos nesta nossa excursão por esse “Admirável Mundo Novo”, de mãos dadas, por essa jornada fresca de tantos sonhos novos.

E, Loirinho - esta e a realidade que me transpõe a ti, que te transporta a mim.

E eu que tenho tanto pra lhe dizer, mas que na maioria das vezes só consigo fazê-lo em te olhar, agradeço-te nesta postagem, mensagem, missiva eletrônica: Por me inspirar, me motivar nessa busca de mim, de ti, de tudo de melhor, que é o que realmente interessa nessa vida.

Sem você, meu mundo é diferente.

Teus sonhos a caminho da materialização são o manancial que refresca os que passam com sede e calor, são alimento para as raízes dos poderosos girassóis e das pequenas violetas, graças a ele cresce a relva, as águias pescam, os ursos nadam, os peixes vivem... o teu sonho vivo, alimenta tantos outros sonhos, sonhos esquecidos, sonhos vividos, sonhos que ainda estão por nascer!

Estou tão feliz por te amar...

Vamos seguir essa estrada estreita, direita que nos será perfeita, de mãos dadas, por entre ásperas subidas, suaves planícies e quando virarmos a curva extrema do caminho, nos encontraremos com o melhor de nós, como o melhor que fizemos, com a luz que realmente somos.